NOSSA HISTÓRIA

A ex-catadora do Lixão da Estrutural Maria de Jesus Pereira de Sousa transformou a vida de crianças e mães da cidade. Mãe de uma menina de 5 anos, viu muitas colegas levarem os filhos para o aterro sanitário por não ter com quem deixá-los durante o trabalho. Em 2007, após diversos problemas de saúde decorrentes da profissão, Maria de Jesus teve que abandonar sua atividade no lixão.

Foi a oportunidade de realizar um sonho. Em sua casa, passou a cuidar gratuitamente dos filhos das vizinhas e catadoras que conhecia. Seu barraco, localizado em um beco da quadra 17, em Santa Luzia – área da periferia da Estrutural sem planejamento urbano, calçamento ou saneamento básico – logo ficou pequeno para a criançada.

Inicialmente eram apenas doze crianças, mas a carência de creches no bairro fez com que o número rapidamente chegasse a oitenta meninos e meninas. A grande demanda exigiu um passo ousado: a conquista de um novo espaço.

Após muita procura, no início de 2014, encontraram um antigo lava-jato para alugar. Com a ajuda de doadores, entidades parceiras e muitos voluntários, o espaço foi transformado na atual Creche Alecrim. Hoje o sonho é coletivo: ela e mais quinze voluntárias cuidam de 80 meninos e meninas entre 0 e 5 anos de idade.

Todas as monitoras que trabalham na creche são voluntárias e o pagamento das despesas depende totalmente das doações arrecadadas.

Desde 2012, o projeto foi legalmente formalizado sob o CNPJ 19.897.134/0001-85 com a criação da ALECRIM – Associação Luciano de Esporte, Cidadania, Recreação e Motivação, uma pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos. Atualmente, a ALECRIM cuida de crianças para que as mães possam trabalhar, principalmente, como catadoras de lixo no aterro sanitário.

Para saber um pouco mais da nossa história, assista a esse trecho do documentário “Toda Criança é Criança – o Estatuto da Criança e do Adolescente”, uma produção da TV Câmara:

Um comentário sobre “NOSSA HISTÓRIA

  1. Andrea disse:

    Olá, dar parabéns por um projeto como este é muito pouco. Quero conhecer a Creche. Com quem posso falar na próxima terça-feira?
    Aguardo. Deus abençoe este caminho!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s